quinta-feira, 5 de novembro de 2009

DIA DA CULTURA 05/11

No Dia da Cultura não há muito o que comemorar: artistas realizarão manifestação coletiva em ato por liberação dos espaços públicos


Amir Haddad
No Dia da Cultura, 05 de novembro, a partir das 17h, na Cinelândia, Centro do Rio, artistas, grupos e companhias dos principais coletivos de artes cênicas do Estado do Rio de Janeiro, integrantes da Rede Estadual de Teatro de Rua, realizarão um Ato Público em prol da liberação dos espaços públicos (ruas, praças e jardins) para o livre exercício do ofício dos artistas/trabalhadores de rua.

Com a presença do grande Mestre do Teatro Amir Haddad, o Ato Público será uma forma teatral dos coletivos de Teatro, Circo, Música e Dança, atuantes em todo o Estado do Rio de Janeiro, se manifestarem contra a postura administrativa do prefeito Eduardo Paes em relação a proibição das manifestações artísticas nos espaços públicos. A concentração para o Ato acontecerá a partir das 16h, na Cinelândia, Centro do Rio, ao lado do Theatro Municipal. O cortejo seguirá em passeata até a Câmara dos Vereadores.

Desde que instalou-se a iniciativa da atual administração da cidade do Rio de Janeiro intitulada "Choque de Ordem", os artistas, trabalhadores, fazedores de cultura em espaços abertos, estão sendo, de forma agressiva, impedidos pela Guarda Municipal de exercer o seu ofício, ferindo os direitos de liberdade de expressão, resguardados pela Constituição Federal, conforme citado no artigo 5o, parágrafo IX, que diz: "É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença".


Os artistas, encontram-se há anos exercendo seu ofício pelas ruas desta cidade e nunca se depararam com uma forma de repressão tão violenta, que contraria este momento de construção da democracia, no qual estamos vivendo na cidade.

De acordo com a Rede, o protesto estima reunir cerca de 1.000 mil pessoas ligadas às Artes de Rua, como o Mestre Amir Haddad, os grupos Tá na Rua, Cia de Mystérios e Novidades, Grupo Off-Sina, Teatro em Cordel, Teatro Itinerante, Filhotes de Leão, CUCA/UNE, entre outros.

7 comentários:

Francisco Sobreira disse...

Pois é, lili, os nossos governantes, com umas poucas exceções, desprezam a cultua e a s artes. A começar do presidente, que já disse se orgulhar de nunca ter lido um livro. Mas os que fazem arte devem continuar batalhando, como esse admirável Amir Haddad. Um beijo.

Anônimo disse...

Quando os prefeitáveis estão em campanha prometem mundos e fundos. Depois é nisso que dá! Pena que os artistas tenham que sofrer com essas leis administrativas.
Abs.
M.Peralta

Silvana Nunes .'. disse...

Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura e enauqnto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam.
Se gostar da minha proposta, siga-me.
Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !

Silvana Nunes .'. disse...

Obrigada por sua gentil visita e por palavras tão carinhosas a cerca de meu trabalho.
Voltarei sempre que a minha conexão me permitir abrir as páginas (rs).
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom fibal de semana.
Saudações Florestais !

Liciane disse...

Nada mais justo que sejam liberados esses espaços públicos pois estes não são privativos do Estado e sim como a própria palavra já diz, públicos, sendo o Estado um mero administrador.
Temos que fazer valer a constituição, que afinal, é feita para nós e não para o Estado.

Grande abraço amiga!
Saudade

railer disse...

pena que eu não soube desse dia da cultura... achei as fotos muito legais.

! Marcelo Cândido ! disse...

Tem gente que acha que cultura é só filme, filme e filme
Não é não
Filme também é importante mas existem outras coisas, caramba, esses eventos só engrandecem o que temos e que poucos ou quase ninguém dão valor

!!!