sábado, 11 de agosto de 2007

Rimbaud















“Um amontoado de perguntas:


A quem devo me submeter?

Que besta devo devorar?

Que imagem sacra atacar?

Que corações devo partir?

Que mentira devo conservar

e que sangue pisar?”

Rimbaud

3 comentários:

Anônimo disse...

Estava fazendo uma pesquisa na net e encontrei esse blog.Gostei do nome retinas Urbanas!Rimbaud é um dos meus poetas prediletos tb.
Abraço, J.Alfredo

Francisco Sobreira disse...

Vindo diretamente do blogue da amiga Teresa Bonito, encontro aqui boas atrações. Chamou-me a atenção o nome Lili, que deve ser apelido, e do qual gosto muito. Um abraço.

Fernando disse...

Descobri que não existe felicidade extrema na vida de um ser humano se ele não tiver um grande amor.

Já fui "Apenas Palavras" depois "A Minha Louca Paixão" e agora "O Fôlego de um Homem" no entanto os meus amigos, aqueles que se distinguem pela qualidade daquilo que escrevem nunca me serão indiferentes nem deixarei de os ler, pois a tua escrita dá-nos coisas lindas e maravilhosas, gosto dos teus textos e a forma como escreves, dentro do pouco tempo que tenho é um dos cantinhos que eu gosto de visitar.

Boa semana,
Beijo